Publicado por: Carlos | 07/04/2009

Entendeu ou quer que eu desenhe?

(manual do canalha)

(manual do canalha)

Aberto para explicações.
Anúncios

Responses

  1. Estou postando uma frase para comentários do meu caro amigo. Por tratar-se de um blog sobre sofismo (arte de tornar convincente qualquer causa, boa ou má) peço a compreensão de todos e principalmente das mulheres. Espero que os comentários sejam produtivos e que possamos chegar a um acordo. Bem vamos lá: O que fala mais alto no relacionamento: o amor ou a grana?
    Estarei atento para que possamos enriquecer a discussão e tornar convincente nossos argumentos.

    • Bom Carlos…..já que divulgaram seu pseudo…. vou continuar neste tom…..Acho que a Zenaide tem um relacionamento muito bom….! Eu também já passei por isso….e diga-se de passagem GRAÇAS A DEUS tudo deu certo! Mas acho que um relacionamento deve considerar alguns pontos neste contexto(preste muita atenção Viviane). A cumplicidade é um deles. Tolerância????? I don’t believe that! Respeito é fruto de educação. Sexo!!!…como dizia Freud……”O sexo é uma pintura muda, em que a imaginação a portas fechadas, e às escuras, retrata a vida e a alma de cada um, com as cores das suas ações, dos seus propósitos e dos seus desejos”. O que vale é a determinação….isso é realmente algo a discutir…mas e o amor e a grana….aonde ficam??????

  2. Dificil discutir esse assunto, heim! pois é uma questão de carater de cada um… não só de mulher mas de homem tbm.. Tem muita gente agindo pelos sentimentos ainda.. gente que acreditam no amor, mas no dia a dia é irritante ver quantas pessoas agem apenas por interesse.
    Seria o par perfeito.. amor e dinheiro.. Se for questão de escolha.. ainda escolho o amor.

  3. Consegui!!! rsrsrs

  4. Acho que hoje em dia esta sendo muito comum pessoas se relacionarem por interesse.
    Mas como sou das “antigas” prefiro me relacionar por amor!

  5. Numa visão abrangente, confesso que é muito difícil responder essa pergunta vivendo num mundo materialista e egoísta onde nada é mais importante do que a realização pessoal, e mais difícil ainda é tentar nos convencer que o dinheiro (ou a falta dele) não atrapalha os relacionamentos… Não que ele seja o mais importante, mas de alguma forma, tanto a falta como o excesso atrapalha.
    Eu particularmente concordo com a Zara, evidenciando também que depende do carater de cada um. Uns amam o dinheiro, outros dão razão ao amor e outros apenas amam o companheirismo sem amor e sem dinheiro… e quem pode criticar a atitude alheia?

  6. O amor com certeza! Se estamos sem dinheiro, a gente se vira… Mas sem amor, não tem jeito!

  7. Prezado amigo, Empregado do Ano (que comédia, faz 2 meses que eu te contratei, você não passou nem na experiência ainda e, já se auto-intitula. Estou ficando frouxo mesmo.)
    Enfim, como você pôde notar, sua pergunta já está respondida por algumas das, adoráveis, leitoras deste blog. Porém sou obrigado a informar-lhe que, infelizmente, sua pergunta não foi das melhores, haja vista, as respostas dadas, politicamente corretas e com saídas pela tangente, como eu já imaginava, logo que vi sua pergunta.
    Sendo assim, se V.Sa. me permitir, quero melhorar sua pergunta, vamos lá, imaginem a situação:
    Vocês estão juntas(os) com o amor das suas vidas. Tudo tranquilo, tudo maravilhoso, dinheiro não falta, vocês fazem tudo o que dá vontade. Eis que surge a crise, um fica desempregado e o outro assume todas as despesas, passa-se muito tempo e tudo na mesma. Imaginaram? Agora respondam:
    O “amor” sobrevive muito tempo a falta de dinheiro?

  8. Oi Carlos!! Primeiramente, parabéns pelo seu blog. Gostaria de ser assim tão digital como você, quem sabe um dia chego lá…
    Bom, quanto a questão em andamento, segue minha opinião:O amor entre um homem e uma mulher vai além do dinheiro e sexo, precisa de cumplicidade, tolerância e respeito. Verdade!! Estou casada há 16 anos, sendo que entre namoro, noivado e casamento, são 22 anos juntos e ainda sou apaixonadíssima pelo Ká. E olha que passamos por “maus bocados” e digo, que o amor e o sexo não existiriam se não fosse a cumplicidade, tolerância e respeito. Repito sempre uma frase para as minhas amigas que estão em crise no casamento “Só sei de uma coisa na vida:- Quero envelhecer ao lado do meu gatão” Bom, só não perguntei se ele quer o mesmo rs rs rs
    Beijos!!
    Z

  9. Carlitos…Como é que ainda estava do lado de fora desse debate,hein!?Rs,rs…
    Primeiramente…
    Respondendo ao ‘amigo’,o que fala mais alto não é o amor ou o dinheiro!E sim várias coisas!
    É o balanço delas(amor,companheirismo,dinheiro,respeito,
    fidelidade,compreensão,amizade,igualdade,etc) que fazem a Vida funcionar nos eixos!
    Tanto o excesso,quanto a falta são prejudiciais!
    Ou seja,a resposta pra pergunta é simples:
    EQUÍLIBRIO!
    E por fim,respondendo a sua pergunta:’ O amor sobrevive muito tempo a falta de dinheiro?’
    Sim!É durante a crise que se renova.
    Quando a ‘economia’ se torna ruim,a cultura entra em ebulição.
    Quando o frenesi do dinheiro se acalma,a criatividade emerge.
    Isso é um pêndulo;Um ciclo natural que vai permitir ao Amor evoluir e se moldar em um novo formato!
    Acho que é isso!Pelo menos,penso assim!Hahahaha!Bjojo.

  10. Respondendo a pergunta reformulada pelo dono do blog, acredito que se duas pessoas resolvem viver juntas, não será a falta de dinheiro que irá atrapalhar o relacionamento.
    Mas também devo reformular essa minha resposta… quero assim dizer, duas pessoas coerentes, responsáveis e fiéis ao juramento “na riqueza e na pobreza”… Pessoas sensatas que não se importam com a situação ou dificuldades do caminho. Mas pessoas com nobreza de carater para assumir a responsabilidade pelas emoções e sentimentos da outra parte, partindo sempre da premissa… não faça do outro degrau para a sua subida e nem escorregador para a sua descida pois um dia pode acontecer com você.

  11. Meu caro, minha opinião é que o amor não sobrevive MUITO TEMPO a falta de dinheiro!
    Atenção ao MUITO TEMPO… uma coisa é você passar por uma crise financeira…. outra é você ter um desnível social muito grande.
    Me falem… ele é lindo, educado, tem pegada, vc é apaixonada por ele mas: ele nunca tem grana!!!!!
    Ai vc banca uma vez, banca duas… banca três e resolve não bancar mais… mas vc ainda
    gosta dele…. e não aguenta mais ficar em casa, mas se sair, vai ter q pagar… e ai????
    Ai não é que a grana é mais importante, mas a da falta dela vai minando o relacionamento. Chega uma hora q vc não quer alguém que seja um peso a mais, mas sim alguém para dividir o peso.
    Não adianta não querer ser materialista num mundo capitalista!!!!
    Tudo isso não quer dizer que temos que procurar alguém pelo dinheiro, mas ter uma estabilidade financeira é importantíssima.

  12. Caro “Empregado do ano”: O que fala mais alto no relacionamento: o amor ou a grana? O Amor “fala” mais alto mas, a grana costuma “gritar” de vez em quando… Minha experiência de 23 anos de casamento permite que eu diga q sem amor não é possivel sobreviver aos “gritos da grana”…. qto a perguntinha do Calos: O “amor” sobrevive muito tempo a falta de dinheiro? Sobreviver não se trata de viver eternamente… portanto, se não for por um longo tempo, posso dizer que sim. Como disse anteriormente, com amor(no sentido amplo da palavra), um relacionamento sobrevive a falta de grana. Espero ter contribuido. Pelo menos abrindo um espaço prá pensar: O que é o amor verdadeiro???
    parabéns Calos pelo blog. Continuarei visitando

  13. Carlão brother….o amor com certeza…eu e minha noiva já passamos por várias dificuldades (financeiras) ela já segurou as pontas várias vezes, qdo eu estava desempregado, agora a coisa mudou ela está sem trabalhar e eu tô na luta…mas o amor´fala mais alto com certeza !!!
    Forte abraço e parabéns pelo blog

  14. Quando um dos dois está empregado, ainda fica mais fácil conciliar, agora imagina os dois desempregados e com filhos pra sustentar??? a crise chega, as acusações, brigas e de repente vc olha para o lado e não reconhece mais a pessoa que está ao seu lado … ter amor e dinheiro na carteira, é fácil … ter carteira vazia, fica difícil o amor …tudo muda .. e quando menos espera, acabou o amor, a compreensão.. tudo se acaba e vai cada um para um lado lutar sozinho .. isso acontece e, afirmo por experiencia própria … Amor e uma Cabana??? só em contos de fadas…


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: