Publicado por: Carlos | 24/04/2009

Instinto Secreto (Mr. Brooks)

instinto-secreto-poster05Sinopse:
Earl Brooks (Kevin Costner) é um executivo de sucesso, marido e pai exemplar, filantropo generoso. Todos o consideram um pilar em sua comunidade, mas ele esconde um grande segredo: é um serial killer. Seus crimes são conhecidos como sendo do Assassino da Impressão Digital, sendo que ninguém tem ideia de qual seja sua identidade. Apesar de estar afastado do mundo do crime há algum tempo, a compulsão de Brooks em matar volta à tona devido ao seu alter ego (William Hurt), o qual considera ser o verdadeiro assassino. Porém ao realizar mais um assassinato Brooks comete um erro, sendo notado por um fotógrafo curioso (Dane Cook), que passa a chantageá-lo. Este crime também coloca em seu encalço a detetive Tracy Atwood (Demi Moore), que está obcecada em desvendar o caso.” (sic)

Poucos filmes são tão, profundamente, enraizados no interior do contexto social, desencadeando uma batalha entre a moralidade e a punição (Divina e Humana), como Mr. Brooks foi.

Um filme inteligente, cheio de análises, filosofia do cotidiano social e comportamento humano. Há momentos interessantes e delicados que são capazes de representar, em uma cena, a dualidade entre as personalidades do Sr. Brooks e o seu alto grau de esquizofrenia. É interessante ver como ele interpreta, juntamente com sua consciência, os  mais hediondos assassinatos que comete, ou cometem, como vocês preferirem interpretar.

Às vezes, parece dominar com maestria seus mais cruéis atos sanguinários, mas as suas crises internas, pessoais e  privadas o faz mergulhar na pior das torturas, e já que não pode confessar a ninguém, ele simplesmente conversa com ele mesmo, analisando sua sinistra natureza; De um personagem que não quer ser o que é, mas é: um serial Killer com um grave transtorno psicológico.

Fascinante e com um Q de freudiano, são duas horas de um ótimo filme com tudo aquilo que nós mais desprezamos no ser humano, Mr. Brooks é uma criatura desprezível o tempo inteiro, está em todos os lugares e em cada canto escuro do espírito humano, comete seus crimes com inteligencia e supremacia, mas até quando?

No filme também encontramos a figura de um outro personagem, que após flagrar Mr. Brooks num assassinato, começa a chantageá-lo, e quer sentir o gosto de um assassinato. Mas o melhor mesmo fica para o final do filme. A doce filha de Mr. Brooks, uma menina que está no primeiro ano de faculdade e tem os mesmos gostos do pai, o que coloca Mr. Brooks na sua maior crise existencial.

Além de um filme apaixonante, ele nos faz pensar sobre as características deste assassino, muitas vezes, quando estamos nas ruas ou parados em um farol, e vemos uma pessoa mal vestida, ficamos com medo e com receio de um assalto. E no caso do Sr. Brooks, o que vocês têm a dizer? Afinal, ele é, acima de tudo, um homem com uma família que ama, uma carreira de sucesso e uma reputação impecável, digna de ser admirada por seus colegas.

Anúncios

Responses

  1. Muito bom esse filme…

    É uma ótima dica para um sabado sem nada pra fazer em casa…

    http://www.avidadonossojeito.blogspot.com


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: