Publicado por: Carlos | 24/07/2009

Só o amor é real…

2707715ggPara cada um de nós existe uma pessoa especial. Muitas vezes, existem duas, três ou mesmo quatro. Todas vêm de gerações diferentes. Atravessam oceanos de tempo e profundidades celestiais para estarem conosco novamente. Vêm do outro lado, do céu. Podem parecer diferentes, mas nosso coração as reconhece.

Nosso coração as abrigou em braços como os nossos nos desertos do Egito, sob o luar, e nas planícies antigas da Mongólia. Marchamos juntos nos exércitos de generais guerreiros que a História esqueceu, e vivemos com elas nas cavernas cobertas de areia dos Homens Antigos. Há entre elas e nós um laço eterno, que nunca nos deixa sós.

A mente pode interferir. “Eu não te conheço”. Mas o coração sabe.

Ele toma a nossa mão pela primeira vez e a lembrança daquele toque transcende o tempo e faz disparar uma corrente que percorre todos os átomos do nosso ser. Ele olha em nossos olhos e vemos um espírito que nos vem acompanhando há séculos. Há uma estranha sensação em nosso estômago. Nossa pele se arrepia. Tudo o que existe fora desse momento perde a importância.

Ele pode não nos reconhecer, muito embora tenhamos finalmente nos reencontrado, embora nos conheçamos. Mas ele não o vê. Temores, racionalizações, problemas cobrem-lhe os olhos como um véu. Ele não permite que afastemos o véu. Choramos e sofremos, mas ele se vai. O destino tem seus caprichos.

Quando as duas almas se reconhecem, nenhum vulcão é capaz de explodir com força igual. A energia liberada é tremenda.

O reconhecimento da alma pode ser imediato. Uma súbita sensação de familiaridade, de conhecer aquela pessoa em níveis mais profundos do que a mente consciente poderia alcançar. Em níveis geralmente reservados aos mais íntimos membros da família. Ou ainda mais profundos. Sabemos intuitivamente o que dizer, como reagir. Um sentimento de segurança e uma confiança muito maior do que se poderia atingir em apenas um dia, uma semana ou um mês.

O reconhecimento da alma pode ser sutil e lento. Um despertar da consciência à medida que o véu vai sendo aos poucos levantado. Nem todos estão prontos para ver imediatamente. Há um ritmo nisso tudo, e a paciência pode ser necessária àquele que percebe primeiro.

Um olhar, um sonho, uma lembrança, uma sensação, podem fazer com que despertemos para a presença do espírito companheiro. O toque de suas mãos ou o beijo de seus lábios pode nos despertar e projetar-nos subitamente de volta à vida.

O toque que nos desperta pode ser de um filho, de um pai, de um irmão ou de um amigo leal.

Ou pode ser da pessoa a quem amamos, que atravessa os séculos para nos beijar mais uma vez e lembrar-nos de que estamos juntos sempre, até o fim dos tempos.

(Só o amor é real – Dr. Brian L. Weiss)


images-6

Um único motivo… para um único amor…

Há anos li esse livro, mas só agora entendi a razão dessas palavras… Embora nossos caminhos tenham se cruzado há tempos, e a dificuldade de reconhecê-lo tão prontamente fez da espera uma angustia, posso assegurar que nada acontece por acaso, e ter você na minha vida hoje, é infinitamente melhor do que tudo que já passei e vivi nesses meus anos de vida.

A espera foi fundamental para o nosso relacionamento… e  hoje posso dizer que você, alma de minha alma, chegou para ficar para sempre e sempre… e que só o verdadeiro amor é real.

Amo você dono do blog!!!

Viviane

Anúncios

Responses

  1. Oi Carlos, nossa… Quanto tempo ein?! Estamos com saudades! Indicamos você lá no blog pra receber um selo 🙂 Espero que goste! Grande abraço!

  2. que liindo! esse blog tá muito romântico! ;D

  3. nossa muito bonito
    mas eu nunk amei e nem me apaixonei
    desiti dessa vida d alma gêmea
    d encontrar alguem


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: